SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.4 número7La recol·lecció del pas del temps en Ignasi Aballí índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Revista :Estúdio

versão impressa ISSN 1647-6158

Estúdio vol.4 no.7 Lisboa jun. 2013

 

Um :Estúdio no SciELO

:Estúdio at SciELO

 

João Paulo Queiroz

 

 

O ScieELO, Scientific Electronic Library Online, o mais importante indexador científico no espaço ibero-americano, aprovou a entrada da revista :Estúdio nas suas coleções, especificamente na sua coleção SciELO / Portugal.

A indexação significa que o escrutínio SciELO observou a :Estúdio em diversos parâmetros, como os que se exemplificam:

— Caráter científico: os artigos são originais resultantes de pesquisa científica e/ou significativos para a área dos estudos artísticos.
— Arbitragem por pares: a revisão e a aprovação dos artigos são realizadas por pares e o processo de arbitragem é documentado. Mais particularmente, na :Estúdio, seguimos procedimentos de arbitragem duplamente cega.
— Conselho editorial: a composição do Conselho Editorial da :Estúdio é pública e composta por especialistas reconhecidos, de origem nacional e internacional, sendo a sua larga maioria exterior à Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa ou ao CIEBA, o seu centro de investigação.
— Periodicidade, duração, pontualidade: a periodicidade permite avaliar objetivamente o fluxo da produção científica, e o seu ritmo aumenta a oportunidade e a velocidade da sua divulgação. A periodicidade é verificada tanto em relação ao seu histórico de volumes publicados, como à pontualidade semestral efetiva, sem existência de atrasos, hiatos, ou ‘números duplos.’
— Normalização, indexadores: os artigos seguem normas de redação e estrutura dos textos.
— Afiliação de autores: os artigos contêm informação completa sobre a afiliação dos autores.

Após três anos de consolidação, maturação e aperfeiçoamento das práticas e dos critérios de publicação académica (Figuras 1 a 6), tivemos a percepção de que a :Estúdio estaria capaz de se sujeitar ao escrutínio do Comité Consultivo da SciELO / Portugal. E assim, em Novembro de 2012, foram reunidos e submetidos os exemplares requeridos para a apreciação.

 

 

 

A :Estúdio passa a ser a primeira revista de Estudos Artísticos a integrar a Coleção SciELO / Portugal. É também a primeira revista que congrega artistas e criadores como autores de artigos académicos a cumprir critérios de certificação de relevância científica.


A rede SciELO congrega Comités Científicos de cada um dos países aderentes, no espaço da língua potuguesa e espanhola. Está já implantada e em funcionamento em países como a Argentina (coleção de 79 periódicos), Brasil (260 periódicos), Chile (89 periódicos), Colômbia (146 periódicos), Costa Rica (10 periódicos), Cuba (38 periódicos), Espanha (34 periódicos), México (85 periódicos), Portugal (25 periódicos), Venezuela (25 periódicos) (dados referentes a 2011).


Mais de um terço das revistas académicas apreciadas pelo comité SciELO / Portugal tem sido recusado. Por outro lado, uma vez aprovada, a permanência na coleção exige uma atenção aos seus critérios de qualidade, e um ritmo de publicação constante, e sem atrasos. De dois em dois anos alguns títulos são excluídos por falharem algum destes critérios.
Recebemos uma responsabilidade acrescida, haverá que redobrar esforços, para tentar manter a fasquia elevada.


:Estúdio passará a estar acompanhada na coleção SciELO / Portugal por um conjunto restrito de títulos como (coleção de 2011):

  • Análise Social, ISSN 0003-2573 — 32 números
  • Angiologia e Cirurgia Vascular, ISSN 1646-706X — 7 números
  • Cadernos de Estudos Africanos, ISSN 1645-3794 — 3 números
  • Ciência e Técnica Vitivinícola, ISSN 0254-0223 — 26 números
  • e-Journal of Portuguese History, ISSN 1645-6432 — 9 números
  • Economia Global e Gestão, ISSN 0873-7444 — 15 números
  • Etnográfica, ISSN 0873-6561, 16 números
  • Ex aequo Associação Portuguesa de Estudos Sobre as Mulheres, — ISSN 0874-5560 — 9 números
  • Jornal Português de Gastrenterologia, ISSN 0872-8178 — 36 números
  • Motricidade, ISSN 1646-107X — 22 números
  • Nascer e Crescer — Revista do Hospital de Crianças Maria Pia, ISSN 0872-0754 — 7 números
  • Portugaliae Electrochimica Acta — Journal of the Portuguese Electrochemical Society, ISSN 0872-1904 — 41 números
  • Portuguese Journal of Nephrology & Hypertension, ISSN 0872-0169 — 1 número
  • Psicologia, Saúde & Doenças, ISSN 1645-0086 — 23 números
  • Relações Internacionais (R:I), ISSN 1645-9199 — 14 números
  • Revista de Ciências Agrárias, ISSN 0871-018X — 10 números
  • Revista de Enfermagem Referência, ISSN 0874-0283 — 6 números
  • Revista Encontros Científicos — Tourism & Management Studies, ISSN 1646-2408 — 2 números
  • Revista Lusófona de Educação, ISSN 1645-7250 — 15 números
  • Revista Portuguesa de Clínica Geral, ISSN 0870-7103 — 4 números
  • Revista Portuguesa de Educação, ISSN 0871-9187 — 14 números
  • Revista Portuguesa de Saúde Pública, ISSN 0870-9025 — 6 números
  • Revista Portuguesa e Brasileira de Gestão, ISSN 1645-4464 — 16 números
  • Silva Lusitana, ISSN 0870-6352 — 24 números
  • Sociologia, Problemas e Práticas, ISSN 0873-6529 — 39 números

Uma palavra aos autores: o seu :Estúdio está no SciELO. Este :Estúdio é uma possibilidade que se tornou real fruto do trabalho de todos nós, autores, pares académicos, colaboradores: a todos, um grato bem hajam.

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons