SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número223Jogando no olho do furacão: o desporto na Casa dos Estudantes do Império (1944-1965) índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Análise Social

versão impressa ISSN 0003-2573

Resumo

BRANDAO, Tiago. A emergência da Junta Nacional de Investigação Científica e Tecnológica (1967-1974): receção de um modelo e racionalidades tecnocratas. Anál. Social [online]. 2017, n.223, pp.234-279. ISSN 0003-2573.

A emergência da Junta Nacional de Investigação Científica e Tecnológica (1967-1974): receção de um modelo e racionalidades tecnocratas.A partir do estudo empírico e histórico de um ator central do sistema científico português, problematiza-se a criação e atuação da Junta Nacional de Investigação Científica e Tecnológica (JNICT) durante o período final do Estado Novo (1967-1974). Criada em 1967, ainda no período salazarista, este estudo irá caracterizar o perfil e as intenções da JNICT, e aprofundar o significado histórico desta agência de política científica, em termos do seu perfil e pressupostos. Será assim avaliada a atuação da JNICT durante o último ato do regime do Estado Novo, sua especificidade, suas condicionantes históricas e de regime e avança-se com um balanço sobre o legado deste ator institucional central na história da organização da ciência portuguesa e, muito particularmente, em termos da própria construção e identidade do “sistema C & T” nacional

Palavras-chave : política científica; organização da ciência; instituições científicas; Estado Novo.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons