SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.40 número1Comunidade fúngica de soutos com diferentes abundâncias de Hypholoma fasciculare: potenciais implicações para a produção sustentável de castanheiroComposição bromatológica de mandioca (Manihot esculenta) em função do intervalo entre podas índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Revista de Ciências Agrárias

versão impressa ISSN 0871-018X

Resumo

MOTA, Margarida et al. Monitorizar para regar: o caso do castanheiro (Castanea sativa). Rev. de Ciências Agrárias [online]. 2017, vol.40, n.1, pp.133-143. ISSN 0871-018X.  https://doi.org/10.19084/RCA16015.

O castanheiro é uma cultura que beneficia com a rega devendo esta ser gerida de forma sustentável, do ponto de vista da racionalização do uso de recursos naturais (água) e da rentabilidade económica da exploração agrícola (custos energéticos, mão-de-obra e produtividade do souto). Dentro do âmbito dum estudo que possui como objetivos principais apurar o efeito da rega no castanheiro, otimização de um sistema de rega assim como a sua gestão, o presente artigo tem como enfoque avaliar a relação entre os parâmetros planta, solo e clima por forma a permitir a gestão da rega no castanheiro mais ajustada ao produtor. Em 2015, num souto adulto da variedade Judia localizado em Bragança, compararam-se árvores regadas e árvores não regadas. Monitorizou-se o potencial hídrico de ramo, a humidade do solo e parâmetros meteorológicos. Ao longo do ciclo vegetativo o potencial de ramo desceu de -0.6MPa para -1.6MPa, mas foi mantido perto -1.2MPa nas árvores regadas. Nestas últimas, a humidade do solo aos 30cm variou entre 15 e 22%, já nas árvores não regadas esteve abaixo de 13%. O potencial de ramo está bem correlacionado com a humidade do solo, mas é flutuável com as condições ambientais. A produção foi 20% maior nas árvores regadas relativamente às não regadas, mesmo com uma gestão de rega que se considera deficitária. O produtor beneficia do uso de equipamentos de monitorização ambiental e de humidade do solo que tenham registo contínuo automático e não destrutivo.

Palavras-chave : Castanheiro; gestão da rega; humidade do solo; monitorização; potencial hídrico.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons