SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 número6Tendências temporais da infeção pelo vírus da imunodeficiência humana em Portugal: 1984 - 2013Parental needs and stress in neonatal intensive care units: effect of data collection period índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Arquivos de Medicina

versão On-line ISSN 2183-2447

Resumo

NASCIMENTO, Fabianne Borges do; PITTA, Maira Galdino da Rocha  e  REGO, Moacyr Jesus Barreto de Melo. Análise dos principais métodos de diagnóstico de câncer de mama como propulsores no processo inovativo. Arq Med [online]. 2015, vol.29, n.6, pp.153-159. ISSN 2183-2447.

A melhoria dos procedimentos diagnósticos que levam a uma identificação prematura do câncer de mama tem elevado a incidência de casos, mas também vêm reduzindo sofrimentos e óbitos em decorrência da doença. Dados da Organização Mundial de Saúde mostram que todo ano, são quase 13 milhões de casos novos de câncer no mundo e 7,5 milhões de mortes por causa da doença. Nas mulheres o câncer mais prevalente é o de mama, no Brasil as taxas de mortalidade continuam elevadas, muito provavelmente porque a doença é diagnosticada em estágios avançados. Neste estudo é feito um levantamento dos exames mais comuns para o diagnóstico do câncer de mama, baseado nos pontos positivos e negativos de cada método e sua efetividade no diagnóstico precoce. Pretende-se assim, identificar os propulsores para inovar nessa área e os métodos mais novos que chegaram ao mercado. Nas análises dos resultados foram observados: que os métodos de diagnósticos mais utilizados são: mamografia, ultrassonografia e ressonância magnética, o mais usado para o rastreamento e diagnóstico precoce é a mamografia, contudo a mesma apresenta-se defasada e ineficaz na diminuição dos óbitos por câncer de mama. Ademais, o acesso ao exame está longe de ser o ideal e a técnica em si depende de uma serie de fatores, tornando-se um procedimento limitado. Concluímos que existe um campo bastante amplo para inovação no diagnóstico em câncer de mama, buscando sempre por técnicas rápidas, práticas, com valores que se encaixem em todos os níveis econômicos e cheguem ate onde os antigos métodos não conseguiram. Os novos métodos são bastante promissores e mostram-se eficazes, se devidamente distribuídos e direcionados.

Palavras-chave : câncer de mama; inovação; diagnóstico.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons