SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.34 número1Criatividade e reserva cognitiva na idade avançada: um estudo exploratório na população portuguesa índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Psicologia

versão impressa ISSN 0874-2049

Resumo

COSTA, Pedro Alexandre; GARCIA, Inês Queiroz; TASKER, Fiona  e  LEAL, Isabel. Adaptação das versões completa e breve da Escala de Relação Coparental (ERC) em uma amostra comunitária de pais e mães portugueses. Psicologia [online]. 2020, vol.34, n.1, pp.236-248. ISSN 0874-2049.  https://doi.org/10.17575/psicologia.v34i1.1598.

A Escala de Relação Coparental (ERC) é uma das medidas mais utilizadas para avaliar a relação de coparentalidade. Pretendeu-se avaliar as propriedades psicométricas das versões completa e breve da ERC numa amostra comunitária de 779 pais e mães portugueses, com idades entre os 23 e os 65 anos (M = 42.73; DP = 5.27). As análises fatoriais confirmatórias forneceram evidências de um bom ajustamento dos dados, fiabilidade interna e validade convergente, ainda que em ambas as versões tenha sido eliminada a dimensão Divisão de tarefas parentais. Quando à validade discriminante, duas das sete dimensões - Acordo nas práticas parentais e Suporte coparental - não evidenciaram validade discriminante. A validade concorrente também foi testada e confirmada através das correlações entre das dimensões da ERC e as dimensões da RDAS (ajustamento diádico) e do SDQ (ajustamento infantil).

Palavras-chave : Coparentalidade; validação psicométrica; relação conjugal; ajustamento diádico.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons