SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 número3Qualidade psicométrica de escalas portuguesas de espiritualidade: uma revisão de literaturaA saúde mental dos ex-combatentes da guerra colonial portuguesa: uma revisão sistemática índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Psicologia, Saúde & Doenças

versão impressa ISSN 1645-0086

Resumo

PIMENTA, Filipa et al. Validação do parental feeding style questionnaire numa amostra portuguesa. Psic., Saúde & Doenças [online]. 2019, vol.20, n.3, pp.740-758. ISSN 1645-0086.  https://doi.org/10.15309/19psd200315.

Portugal é um dos países europeus com elevada prevalência de excesso de peso infantil, com implicações na saúde e bem-estar das crianças. As práticas alimentares parentais, como controlo, promoção/encorajamento, alimentação emocional e instrumental têm demonstrado influência no peso e nos padrões alimentares das crianças. O objetivo deste estudo foi avaliar as propriedades psicométricas da versão portuguesa do Parental Feeding Style Questionnaire. Uma amostra comunitária de 252 pais portugueses foi utilizada para estudar o constructo do instrumento (i.e., validade estrutural, convergente e discriminante), validade externa e de critério, bem como confiabilidade e sensibilidade. Os resultados suportam uma estrutura de 5 fatores (Emocional, Instrumental, Encorajamento, Permissividade e Controlo); o item 24 foi excluído (λ=0,274; p=0,065; r2=0,018) e os itens do Controlo foram distribuídos em duas subescalas. A validade discriminante foi verificada em oito dos dez pares de fatores; apenas a subescala de alimentação emocional apresentou um bom valor de VME (validade convergente; VME=0,62). A validade externa foi confirmada, assim como a consistência interna, onde quatro das cinco subescalas, com exceção da subescala de alimentação emocional, apresentaram bons alfas de Cronbach (0,67<α<0,88). A amostra portuguesa reportou o uso predominante de práticas de permissividade e controlo, similarmente ao reportado pelos estudos anteriores. O Parental Feeding Style Questionnaire evidencia ser válido para avaliar os estilos alimentares de pais portugueses semelhantes aos desta amostra. A existência de instrumentos culturalmente adaptados e validados é indispensável para o desenvolvimento de estratégias para gerir a ingestão alimentar das crianças e a prevenção de problemas relacionados com a saúde.

Palavras-chave : alimentação; práticas parentais; crianças; validação; Português.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons