SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número27A INFLUÊNCIA DO GLUCOMANANO NO CONTROLO DE PESOSAÚDE MENTAL EM PERSPETIVA - O PAPEL DA NUTRIÇÃO E DA MICROBIOTA INTESTINAL índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Acta Portuguesa de Nutrição

versão On-line ISSN 2183-5985

Resumo

OLIVEIRA, Ricardo de Magalhaes  e  DE SOUZA, Marcio Leandro Ribeiro. A TERAPIA COMPORTAMENTAL E COGNITIVA COMO ESTRATÉGIA NA REDUÇÃO E MANUTENÇÃO DO PESO CORPORAL: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA. Acta Port Nutr [online]. 2021, n.27, pp.50-57.  Epub 20-Mar-2022. ISSN 2183-5985.  https://doi.org/10.21011/apn.2021.2709.

INTRODUÇÃO:

Intervenções nutricionais para redução de peso podem falhar e entender as causas dessas falhas pode auxiliar nutricionistas no acompanhamento e tratamento de pacientes. A terapia comportamental e cognitiva é um procedimento psicopedagógico focado no problema atual do paciente, no seu comportamento e na sua cognição de autocontrole.

OBJETIVOS:

Esta revisão sistemática teve como objetivo geral avaliar a terapia comportamental e cognitiva como coadjuvante da terapêutica nutricional no processo de emagrecimento.

METODOLOGIA:

Dezasseis estudos foram incluídos e selecionados nas bases de dados PubMed e SciElo, usando os descritores perda de peso, emagrecimento e terapia comportamental e cognitiva.

RESULTADOS:

Existem evidências de que a terapia comportamental e cognitiva contribui para o processo de perda de peso, especialmente em estudos de longa duração, através de melhor adesão às mudanças no estilo de vida, controle emocional e comportamental.

CONCLUSÕES:

Embora não se possa afirmar que a abordagem comportamental é superior à abordagem focada na restrição calórica, a terapia comportamental e cognitiva como estratégia auxiliar parece promissora e mais estudos são necessários para identificar as especificidades que apoiem melhorias duradouras na cognição e comportamento alimentar. Assim, é indicada a identificação de crenças disfuncionais em pacientes quanto à possibilidade de perda e de manutenção do peso, seguida de intervenção para transformá-las ou substituí-las por crenças funcionais para reduzir as falhas no processo de perda de peso.

Palavras-chave : Crenças; Obesidade; Perda de peso; Terapia comportamental e cognitiva.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )