SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número27A TERAPIA COMPORTAMENTAL E COGNITIVA COMO ESTRATÉGIA NA REDUÇÃO E MANUTENÇÃO DO PESO CORPORAL: UMA REVISÃO SISTEMÁTICADIETA CETOGÉNICA E EPILEPSIA: UMA REVISÃO NARRATIVA DA LITERATURA índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Acta Portuguesa de Nutrição

versão On-line ISSN 2183-5985

Resumo

CHARNECA, Sofia  e  GUERREIRO, Catarina Sousa. SAÚDE MENTAL EM PERSPETIVA - O PAPEL DA NUTRIÇÃO E DA MICROBIOTA INTESTINAL. Acta Port Nutr [online]. 2021, n.27, pp.58-62.  Epub 19-Mar-2022. ISSN 2183-5985.  https://doi.org/10.21011/apn.2021.2710.

As perturbações mentais representam um dos mais importantes desafios da atualidade. No entanto, as opções terapêuticas disponíveis são nalguns casos pouco eficazes ou apresentam efeitos adversos importantes. As intervenções no âmbito do estilo de vida, onde se incluem intervenções nutricionais e alimentares, têm vindo a ser exploradas na área da doença psiquiátrica e já demonstraram exercer um efeito benéfico na sua otimização. Adicionalmente, existe uma conhecida associação entre a doença psiquiátrica e os distúrbios gastrointestinais. A evidência sugere que indivíduos com depressão apresentam uma composição da microbiota intestinal alterada, em comparação com indivíduos saudáveis. Neste sentido, também a microbiota intestinal poderá constituir um alvo terapêutico atrativo. Várias estratégias para a sua modificação já foram descritas, incluindo a manipulação da dieta, a utilização de suplementos probióticos e/ou prebióticos e o transplante de microbiota fecal. Pretende-se com este trabalho abordar importância da nutrição e alimentação no foro da psiquiatria, assim como a modulação da microbiota intestinal e utilização de psicobióticos, reconhecidos como uma potencial coadjuvante para o tratamento destas patologias. Conclui-se que, embora a informação atualmente disponível nesta matéria seja promissora, são necessários mais estudos para que seja possível formular recomendações específicas e cientificamente sustentadas.

Palavras-chave : Microbiota intestinal; Nutrição; Psicobióticos; Psiquiatria.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )