SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 número1Modelo de Crescimento para Árvores em Povoamentos Juvenis de Sobreiro em Portugal índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Silva Lusitana

versão impressa ISSN 0870-6352

Silva Lus. v.17 n.1 Lisboa jun. 2009

 

A Indústria e o Comércio da Cortiça em Portugal Durante o Século XX

 

Miguel Pestana* e Isabel Tinoco**

*Investigador Auxiliar

**Téc. Sup. Principal

Instituto Nacional de Investigação Agrária/INRB, IP. Av. da República, Quinta do Marquês, 2780-159 OEIRAS

 

Sumário. Apresenta-se uma retrospectiva da importância económica da indústria corticeira, bem como da sua evolução desde o início do século passado até ao presente, tendo como referência quatro períodos – até à década de 60, da década de 60 até 1974, de 1974 até à adesão à CEE (1986) e desta até aos nossos dias.

É feita também uma descrição resumida deste sector nos dias de hoje, onde se descreve a situação da Floresta e da Indústria Preparadora, Transformadora, Granuladora e Aglomeradora.

Finalmente, é apresentado o Comércio Externo Português, referindo a evolução das nossas Exportações e Importações, particularizando os valores por países, por valor e massa e por classes de produtos.

Palavras-chave: cortiça; economia; indústria corticeira; fileira da cortiça; comércio externo

 

Industry and the Trade of Cork in Portugal During the 20th Century

Abstract. We present a retrospective of the economic importance of cork industry, as well as its evolution since the beginning of the last century to the present, having as reference four periods – until the 60 decade, from the 60 decade up to 1974, from 1974 to the adhesion to EEC (1986) and from then to the end of the 20th century.

A summarized description of this sector in our days is also made, describing the situation of the Forest and Preparer Industry, Manufacturer, Crusher and Blender Industries.

Finally, we present the Portuguese External Trade, referring the evolution of our Exports and Imports, particularizing the values by countries, by value and mass and by classes of products.

Key words: cork; economy; cork industry; cork sector; external trade

 

L'Industrie et le Commerce du Liège au Portugal dans le 20ième Siècle

Résumé. Il est présenté une rétrospective de l'importance économique de l'industrie du Liège, et de son évolution depuis le début du siècle dernier à ce jour, avec pour référence quatre périodes - jusqu'à la décade de 60, des années 60 jusqu'en 1974, de 1974 jusqu'a l'adhésion à la CEE (1986) et depuis là jusqu'à ce jour.

Il est également fait un résumé de ce secteur aujourd'hui, avec la description de la situation des forêts et de l'industrie de Préparation des lièges, de Transformation, de Trituration et d'Agglomération. Finalement, il est présenté le commerce extérieur du Portugal, en indiquant l'évolution de nos exportations et les importations, mettant en évidence les chiffres par pays, valeur et poids, et par catégories de produits.

Mots clés: liège; économie; industrie du liège; secteur du liège; commerce extérieur

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text only available in PDF format.

 

Bibliografia

Afonso, J., 1998. A Rolha. Uma amiga do vinho. Revista dos Vinhos 98: 49-60.         [ Links ]

AGROGES, 1997. O Montado de Sobro e a Cortiça. ACAP et al. (ed.), Lisboa.

Agroges, 2000. O Sobreiro e a Cortiça. Direcção Geral de Desenvolvimento Rural (ed.), Lisboa

Barreto, A, 1997. A Situação Social Em Portugal 1960 – 1995. Instituto de Ciências Sociais/Universidade de Lisboa. Lisboa, 3ªEd.

Carvalho, A.A.P., 1986. Valorização Tecnológica dos Produtos Secundários dos Montados. Actas do 1º Encontro sobre os Montados de Sobro e Azinho, Évora, pp.119-127.

CEDPI – Centre d’Estudis i Difusió del Pattrimoni Industrial, 2000. El suro, a cortiça, Cork, der Koprk, el corcho, korken. People are the real history. CEGE, Barcelona.

Fernandez, L.V., 1979. A Cortiça Material Polivalente. Boletim Instituto Dos Produtos Florestais - Cortiça 487: 354-364.        [ Links ]

Ferrão, J.E.M., Ferrão, A.M.B.C., 1986. Valorização da Bolota. Uma Nota Introdutória. Actas do 1º Encontro sobre os Montados de Sobro e Azinho, Évora, pp.183–185.

FORTES, M.A., 1989. A Cortiça. Colóquio Ciências 4, JAN/ABR, pp. 35-60.        [ Links ]

Gil, L.M.C.C., 1991. Novos Aglomerados de Pó de Cortiça. Ingenium Revista da Ordem dos Engenheiros Maio, pp. 54-61.        [ Links ]

Gil, L.M.C.C., 1991a. Aglomerados de Pó de Cortiça, Sem Adição de Colas, Mediante Despolimerização/Polimerização da Suberina. Ingenium Revista da Ordem dos Engenheiros Novembro, pp. 58-71.        [ Links ]

GIL, L., 1998. CORTIÇA. Produção, Tecnologia e Aplicação. INETI, Lisboa.

GRUPO AMORIM, 1997. Cortiça em Alta Voltagem. Notícias do Grupo Amorim 3(14): 9.         [ Links ]

Murteira, M., 1990. A Economia em Vinte e Quatro Lições – Uma Iniciação para Gestores. Presença, 2ª Ed., Lisboa.

Murteira, M., 1996. Economia do Mercado Global. Ensaio sobre Condicionantes Mega e Macro das Estratégias Empresariais. Editorial Presença, 1ª Ed., Lisboa.

MATA, M.L., Moiteiro, C.M., Tavares, M.R., Curto, M.J.M., 1990. Aproveitamento dos Produtos Químicos dos Resíduos da Indústria Corticeira para Aplicação em Química intermédia. 2º Congresso Florestal Nacional, Porto.

Natividade, J.V., 1990. Subericultura. Ministério da Agricultura, Pescas e Alimentação, Direcção Geral das Florestas, 2º Ed., Lisboa.

Notícias APCOR, 2001. APOCOR conclui projecto Valcork e aponta estratégia para o sector. Notícias APCOR 10: 3.        [ Links ]

Oliveira, M.A, Oliveira, L., 1991. The Cork. Amorim(ed.).

ORDOVÁS, J., Aguado, M.T., Ortega, M.C., Moreno, M.T., Suárez, M.P., 1992. Resíduos Da Industria Del Corcho: Sus Possibilidades Como Sustrato Hortícola. Simposio Mediterraneo Sobre Regeneracion Del Monte Alcornocal, Mérida/Montargil/ Sevilha, pp. 382-331.

PESTANA, M., 2000. A Nova Utilização do Pó de Cortiça na Estabilização de Lamas de ETARs. Silva Lusitana 8 (1): 99-106.        [ Links ]

PESTANA, M., 2001. Valorizar os desperdícios da indústria corticeira. Investigação Agrária 3(4): 73-74.        [ Links ]

PESTANA, M., 2001a. Uma Forma de Valorizar os Desperdícios da Indústria Corticeira. Congresso ENEG 2001, Lisboa.

PESTANA, M.M.N., 2003. A Caracterização da Qualidade da Cortiça para a Produção de Rolha. Aplicação de metodologia de análise multivariada com vista à validação de grupos de qualidade. Tese de Doutoramento. UTAD, Vila Real.

Romão, A, 1985. A Inserção da Economia Portuguesa na Economia Mundial: Evolução Recente e Perspectivas. Conflitos e Mudanças em Portugal 1974 – 1984. Editorial Teorema, Lisboa. 

SAMPAIO, J.S., 1977. À la recherche d'une politique économique pour le liége au Portugal. Gráfitécnica, Lisboa.

SAMPAIO, J.S., 1985. CORTIÇA: O Comércio Externo e as Actividades a Montante. Boletim Instituto Dos Produtos Florestais – Cortiça 555: 387-414.        [ Links ]

SAMPAIO, J.S., 1985a. CORTIÇA: O Comércio Externo e as Actividades a Montante. Boletim Instituto Dos Produtos Florestais – Cortiça 556: 447-459.        [ Links ]

SAMPAIO, J.S., 1985b. CORTIÇA: O Comércio Externo e as Actividades a Montante. Boletim Instituto Dos Produtos Florestais – Cortiça 557: 467-477.        [ Links ]

SAMPAIO, J.S., 1985c. CORTIÇA: O Comércio Externo e as Actividades a Montante. Boletim Instituto Dos Produtos Florestais – Cortiça 558: 508-514.        [ Links ]

SANTOS, C.O., 1997. AMORIM. História de Uma Família (1870-1997). Grupo Amorim, 1º Volume. Feira.

Santos, C.O., 2000. O Livro da Cortiça. Ed. Carlos Oliveira Santos/Diglivros.

SARAIVA, I.M.C., Soares, J.M.A., 1980. Desperdícios no Sector Corticeiro. Boletim Instituto dos Produtos Florestais – Cortiça 501: 199 - 202.        [ Links ]

Sarmento, J., 1986. A Política Económica em Portugal no Pós 25 de Abril de 1974. O Comportamento dos Agentes Económicos e a Reorientação da Política Económica. II Conferência, Vol. II, CISEP, Lisboa.

 

Entregue para publicação em Março de 2008

Aceite para publicação em Junho de 2008

 

* Autor E-mail: miguel.pestana@efn.com.pt