SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número41EditorialDo pessoal ao político: as metodologias de investigação qualitativa como aliadas da ação índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Ex aequo

versão impressa ISSN 0874-5560

Ex aequo  no.41 Lisboa jun. 2020

 

DOSSIER: EPISTEMOLOGIAS, METODOLOGIAS E PRODUÇÃO DE CONHECIMENTO CRÍTICO DE MATRIZ QUALITATIVA EM ESTUDOS SOBRE AS MULHERES, GÉNERO E FEMINISTAS – Coordenação de Cristina C. Vieira e Sofia Bergano

 

Nota Prévia: A abordagem qualitativa para compreensão das questões de género

Lucimara Fabiana Fornari*, António Pedro Costa**

* Escola de Enfermagem, Universidade de São Paulo.

** Centro de Investigação em Didática e Tecnologia na Formação de Formadores (CIDTFF), Departamento de Educação e de Psicologia, da Universidade de Aveiro.

Endereço para correspondência

 

 

O 8.º Congresso Ibero-Americano em Investigação Qualitativa (CIAIQ2019) e a 4.ª World Conference on Qualitative Research (WCQR2019) reuniram 480 e 150 pesquisadores/ as, respetivamente, falantes de língua portuguesa e espanhola, no caso do CIAIQ, e de língua inglesa, no caso da WCQR. Ambos os eventos reuniram participantes de mais de 50 países. Na ocasião, estes/as investigadores/as tiveram a possibilidade de divulgar pesquisas produzidas nos espaços académicos e da prática profissional. Além disso, houve oportunidade de compartilhar experiências relacionadas com o desenvolvimento dos estudos, destacando-se as técnicas de coleta e análise dos dados, e o uso de ferramentas digitais de apoio.

Os eventos, que têm como eixo central pesquisas de abordagem qualitativa, receberam trabalhos científicos de diferentes perspetivas temáticas, teóricas e metodológicas. Face à diversidade de objetos de estudo apresentados nos dois eventos, este dossier da ex æquo procurou reunir aqueles associados às mulheres, ao feminismo e às questões de género.

A partir dos estudos selecionados, constatou-se a importância da abordagem qualitativa para conhecer a realidade sob a ótica dos sujeitos sociais que nela vivem, assim como compreender as perceções, os significados e sentidos atribuídos à condição de ser homem e ser mulher na sociedade, à produção e reprodução dos estereótipos de género e padrões sexistas, expressos tanto no contexto da vida pública quanto da vida privada.

No que se refere aos aspetos metodológicos, verificou-se que os/as autores/ as utilizaram como fonte de dados: áudios, vídeos, textos e imagens. Para a emergência do material empírico foram usados questionários, entrevistas, discussões de grupo, anotações de campo e informações provenientes de bases de dados e de meios de comunicação social.

Em relação ao tratamento dos dados, foram utilizados as técnicas de análise do discurso, temática, lexical e semi-indutiva, além de, em alguns estudos, se recorrer à Grounded Theory e à etnografia. Encontramos nos textos também referências ao uso de ferramentas digitais de apoio para o desenvolvimento das metodologias ligadas à revisão sistemática da literatura e pesquisa qualitativa.

Os resultados provenientes dos estudos selecionados revelaram as iniquidades de género expressas nas dimensões estrutural, particular e singular da sociedade, bem como as suas repercussões sobre o corpo feminino, os direitos sexuais e reprodutivos, a divisão sexual do trabalho, o processo saúde-doença e as situações de violência. Os estudos evidenciaram que as iniquidades de género, muitas vezes acentuadas pelas violações, promoveram mudanças nos sentimentos e comportamentos das mulheres, culminando em necessidades que exigem o atendimento por parte de profissionais qualificados/as das áreas da saúde, justiça, educação e bem-estar social.

Dessa forma, os artigos permitem-nos perceber as heterogeneidades da realidade social e o modo como as vulnerabilidades são acentuadas pelas desigualdades de género. Acredita-se, assim, que os resultados dos estudos selecionados podem subsidiar o aprimoramento das políticas públicas e dos/as profissionais envolvidos/as no atendimento de homens e mulheres, no sentido de que sejam pensadas medidas preventivas e interventivas para a superação dos problemas associados às questões de género.

Nesta edição da ex æquo estão incluídos seis artigos que se basearam em metodologias qualitativas para compreender questões relacionadas com os discursos sobre género e sexualidade, as situações de violência contra mulheres adolescentes e idosas, a maternidade e o sofrimento derivado de doença crónica degenerativa.

 

 

Agradecimentos: Gostaríamos de finalizar agradecendo a todos/as os/ as que de forma direta ou indireta colaboraram no sucesso do CIAIQ2019 e da WCQR2019. O nosso agradecimento destina-se também a quem tornou possível a produção deste dossier, incluindo os/as participantes, autores/as, comissão organizadora e científica, apoios, equipa editorial, entre muitas outras pessoas. Através do seu interesse, participação e da qualidade e rigor do seu trabalho científico, agora publicado na ex æquo, esperamos que possa ser promovida a expansão da investigação qualitativa em áreas tão relevantes como são as dos seis artigos selecionados.

 

 

Endereço postal

*Av. Dr. Enéas Carvalho de Aguiar, 419, São Paulo – SP, Brasil.

**Campus Universitário de Santiago, 3810-193 Aveiro, Portugal.

 

*Lucimara Fabiana Fornari

Endereço eletrónico: lucimarafornari@usp.br
ORCID: http://orcid.org/0000-0002-8655-6549

Pós-doutoranda pelo Programa de Pós-graduação em Enfermagem da Universidade de São Paulo. Doutora em Ciências pelo Programa de Pós-Graduação Interunidades em Enfermagem da EE-EERP/USP. Membro do grupo de pesquisa: Género, Saúde e Enfermagem. Atua em pesquisa e ensino nos temas: violência de género; tecnologias educativas; oficinas crítico-emancipatórias; saúde coletiva e políticas públicas; metodologia qualitativa e uso de ferramentas digitais.

 

**António Pedro Costa

Endereço eletrónico: apcosta@ua.pt
ORCID: http://orcid.org/0000-0002-4644-5879

É um dos investigadores do software de apoio à análise qualitativa webQDA (www.webqda.net), área em que tem publicados, em coautoria, diversos artigos em congressos nacionais e internacionais e revistas, bem como capítulos de livros. Leciona unidades curriculares de metodologias de investigação. É o Coordenador do Congresso Ibero-Americano em Investigação Qualitativa (www.ciaiq.org) e da World Conference on Qualitative Research (www.wcqr.info).

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons